Fale conosco

21 99966.6701 (Whatsapp)

 

contato@jtbconsultoria.com.br

  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon
MBA

          A UCAM - Universidade Cândido Mendes em parceria com a UNIVAR - Universidade do Varejo oferecem Cursos de MBA que estão alinhados com o que há de mais moderno no mundo dos negócios.

          Os MBAs oferecidos são:

  • MBA em Coaching aplicado a Gestão de Negócios

  • MBA em Gestão Estratégica de Negócios com foco em Varejo

  • MBA em Gestão, Inovação e Consultoria Empresarial

  • MBA em Gestão Estratégica de Supermercados

  • MBA em Gestão e Sucessão de Empresa Familiar

       Local: Universidade Cândido Mendes - Rua da Assembleia, 10 - Centro

       Investimento: 15 parcelas de R$ 490,00, com desconto especial para quem fizer a matrícula até 31/03/2019.

       Duração: 360 horas/aula

       Informações: (21) 99966.6701 (WhatsApp) / contato@jtbconsultoria.com.br

      APRESENTAÇÃO DOS CURSOS:

PÚBLICO:

O Curso é destinado a profissionais com formação em cursos superiores nas mais diversas áreas de conhecimento, que tenham como objetivo, utilizando a capacitação sobre a metodologia de Coaching, e a atualização em outros métodos modernos e inovadores de gestão de pessoas, atuar de forma personalizada e estratégica, como protagonistas em projetos destinados ao Desenvolvimento Humano e Organizacional.

 

OBJETIVOS:

Desenvolver habilidades, com práticas e o uso de ferramentas e metodologias de Gestão de Pessoas em Negócios (GP), através de metodologias de Coaching e da Psicologia Organizacional (CPO), contemplando diferentes abordagens, respeitando as individualidades dos atores envolvidos e a particularidade de cada empresa.

O curso visa dotar os participantes de conhecimentos e competências fundamentais para o entendimento e análise de metodologias, perfis pessoais, cenários organizacionais, para o diagnóstico e proposição de soluções e estratégias, para melhoria de relacionamentos e processos humanos e organizacionais que garantam a sustentabilidade do negócio.

COORDENAÇÃO: Profª MSc Mônica Simas / (21) 98487.9195 (Whatsapp)

 

DISCIPLINAS:

 

  1. A Evolução do Coaching com suas variações

  2. O Coaching e a Psicologia Organizacional

  3. Mindfullness aplicado a Liderança

  4. Estruturas Organizacionais, as Gerações do mercado de trabalho e as Metodologias Ágeis na Gestão de Negócios.

  5. Governança e Compliance Officer na estrutura e cultura organizacional.

  6. Gestão do Conhecimento e a Educação Corporativa – do T&D à UC.

  7. Gestão por Competências – Seleção, Avaliação, Desenvolvimento e Remuneração.

  8. Criatividade, Inovação e Gestão de Mudança

  9. Comunicação no ambiente corporativo

  10. A Gestão Estratégica de Pessoas e o Planejamento Estratégico

  11. Coaching e a Liderança Transformadora

  12. Os Processos de Coaching, Counseling e Mentoring no desenvolvimento organizacional

  13. Produtividade e Equipes de Alta Performance

  14. Inovação com Design Thinking aplicado ao pensamento do cérebro integrado

  15. Intraempreendedorismo X Empreendedorismo

PÚBLICO:

O Curso é destinado a proprietários, líderes, diretores, supervisores e gerentes de empresas, empreendedores que desejam abrir seu próprio negócio e profissionais que atuam ou que desejam atuar direta ou indiretamente em diversos segmentos do mercado, tais como: consultores, empresas de recursos humanos, fornecedores, entre outros.

 

OBJETIVOS:

Capacitar gestores e profissionais em geral, para atuação em empresas,  com as mais modernas e inovadoras práticas em gestão de negócio, com foco em resultado, envolvendo todas as áreas estratégicas da empresa.

 

COORDENAÇÃO: Prof. Dr. Juedir Teixeira / (21) 99966.6701 (Whatsapp)

 

DISCIPLINAS:

  1. Gestão de Produtos e estoque.

  2. Expansão  de redes e gestão de franquias

  3. Varejo digital e  Omnichannel

  4. Logística e canais de distribuição.

  5. Gestão financeira de negócios

  6. Marketing aplicado aos negócios

  7. Estratégia de Comunicação e Gestão de Marcas

  8. Capital intelectual: Gestão Estratégica de Pessoas

  9. Educação Corporativa e Gestão do Conhecimento

  10. Visual Merchandising e gestão de moda.

  11. Novas tecnologias aplicadas aos negócios: Inteligência artificial. Realidade virtual. Realidade aumentada. Uso de Robôs. Reconhecimento facial. Blokchain.

  12. Ferramentas de Gestão Estratégica de Negócios

  13. Experiência de compra e  personalização

  14. Métrica de avaliação de performance empresarial

  15. Governança corporativa e compliance

PÚBLICO:

O Curso é destinado a profissionais portadores de cursos superiores nas mais diversas áreas de conhecimento que atuam ou pretendem atuar como Gestores e Consultores de projetos e que tenham como objetivo a capacitação e atualização em métodos modernos e inovadores de gestão.

 

OBJETIVOS:

Desenvolver habilidades em Gestão, Inovação e Consultoria de Negócios em suas diferentes abordagens e dotar os participantes  de  competências de gestão fundamentais para a análise, diagnóstico e proposição de soluções, para melhoria dos processos organizacionais que garantam a sustentabilidade do negócio.

 

COORDENAÇÃO: Prof. Dr. Juedir Teixeira / (21) 99966.6701 (Whatsapp)

 

DISCIPLINAS:

  1. Consultoria em Gestão de Negócio de Negócios

  2. Ferramentas de Gestão Estratégica e TCC

  3. Gestão de projeto aplicada à consultoria

  4. Gestão de Processo

  5. Análise Financeira e Orçamento Empresarial

  6. Marketing estratégico e inteligência de mercado

  7. Diagnóstico e gestão do capital intelectual

  8. Empreendedorismo e Plano de Negócios

  9. Governança Corporativa nas organizações

  10. Coaching para o desenvolvimento organizacional

  11. Endomarketing no processo de mudança organizacional

  12. Consultoria em ação

  13. Business Model Generation aplicado à Consultoria

  14. Design Thinking aplicado à Consultoria e Processos

  15. Jogos de Negócios

PÚBLICO:

O curso é destinado a proprietários, gestores, diretores, supervisores e gerentes de empresas supermercadistas, empreendedores que desejam abrir seu próprio negócio no segmento de supermercados e profissionais que atuam ou que desejam atuar direta ou indiretamente no setor supermercadista, tais como: consultores, empresas de recursos humanos, fornecedores, entre outros. 

OBJETIVOS:

Capacitar gestores e líderes para atuarem em Gestão de Negócios de Supermercados com o que existe de mais moderno e inovador em termos de gestão, com foco em resultado, envolvendo todas as áreas estratégicas da empresa.​

 

COORDENAÇÃO: Prof. Dr. Juedir Teixeira / (21) 99966.6701 (Whatsapp)

 

DISCIPLINAS:

1. Gestão de Produtos, margem e giro

2. Gestão de compra e precificação

3. Controle e gestão de perdas

4. Logística e canais de distribuição.

5. Gestão financeira de supermercados

6. Marketing e mídias sociais

7. Estratégia de Comunicação e Gestão de Marcas

8. Capital intelectual: Gestão Estratégica de Pessoas

9. Educação Corporativa e Gestão do Conhecimento

10. Visual Merchandising

11. Novas tecnologias: Inteligência artificial. Realidade virtual. Realidade aumentada. Uso de Robôs. Reconhecimento facial. Blockchain.

12.  Ferramentas de Gestão Estratégica de Negócios

13.  Experiência de compra e Excelência no atendimento

14.  Métrica de avaliação de performance empresarial

15.  Governança Corporativa e Compliance

 

JUSTIFICATIVA DO CURSO:

O varejo no mundo vem passando por muitas  e rápidas mudanças   e   no Brasil não poderia ser diferente.

Um estudo global da consultoria Cognizant (portal Novarejo), revela o que será o varejo nos próximos anos e como a tecnologia vai impactar nas estratégias das empresas até 2025. Segundo o estudo a distinção entre lojas físicas e lojas virtuais devem desaparecer, com a consolidação da transformação digital das lojas e dos empreendimentos. Tecnologias como realidade virtual, realidade aumentada, inteligência artificia, uso de robôs  e internet das coisas (IoT), terão forte presença no varejo e vai revolucionar a experiência de compra, o que já está acontecendo e vai exigir uma mudança profunda na forma de gestão das empresas, em busca da melhoria de produtividade, para melhorar a competitividade do negócio.

 

Mudança do hábito de compra do consumidor, o uso de dispositivos móveis, a integração entre lojas e o ambiente virtual, a personalização de produtos, com coprodução, o cliente participando da construção do seu próprio produto, a venda direta do fabricante para o consumidor, a parceria estratégica em toda a cadeia de abastecimento, vão exigir mudanças profundas na forma de gestão das empresas varejistas e a gestão por meio de indicadores de desempenho será cada vez mais uma exigência para a sustentabilidade dos negócios.

Além das mudanças globais, no Brasil   as transformações vem ocorrendo desde os primórdios da formação da nossa sociedade, acentuando, nos últimos anos, em função dessas mudanças globais.

Outro ponto importante a ser considerado, foi   a transformação  do Brasil de um país rural para um país urbano, ocorrida nos últimos 50 anos.

 

Segundo censo do Instituto Braseiro de Geografia e Estatística – IBGE, de 2010, em 1960 o Brasil tinha uma população de 70.992.343, sendo 42.004.817 (45%) na área rural e 38.987.526 (55%) na área urbana e em 2010 a população alcançou 190.755.799, com um acréscimo de 169%, com 29.830.007 (16%) na área rural e 160.925.792 (84%) na área urbana. Em 2017, ainda segundo o IBGE,   o país alcançou a marca de 210 milhões de habitantes, com o acréscimo de 20 milhões de pessoas em sete anos, todos nas áreas urbanas das grandes cidades.

Como se observa, o aumento da população brasileira foi de 169% no período de 50 anos  e a população na área urbana cresceu 390%, com 121.938.226 pessoas passando a viver nas cidades brasileiras.

 

O próprio aumento da população já seria suficiente para ter uma forte influência no varejo, mas levando-se em conta que o aumento da população ocorreu na área urbana e na área rural teve uma redução de 32.004.817 para 29.830.007, isso impactou diretamente o varejo em todos os sentidos.

 

Num período de 50 anos foram introduzidos no mercado de consumo brasileiro 119.763.456, novos consumidores, imagine o que foi necessário ser feito no varejo para atender essa grande demanda.

           

Segundo Verotto (2010)  no Brasil, até a metade do século passado, a distribuição de produtos alimentícios era realizada, com exclusividade, através de pequenas lojas especializadas. Durante a Primeira Guerra mundial, o governo permitiu o funcionamento da “feira”, até hoje muito utilizada em todas a cidades brasileiras, permitindo, dessa forma, um sistema barato de distribuição alimentos.

          

O sistema evoluiu até chegar a era dos supermercados.  O proprietário do título do primeiro supermercado é o Kink Kullen, inaugurado em 1930, pelo empresário norte americano Michael Cullen. A sua estratégia era muito simples: Cullen comprou um galpão industrial, fez algumas adaptações para vender comida e permitiu que as pessoas se servissem sozinhas. A operação tinha um diferencial importante: os preços eram mais baratos que nos antigos armazéns, onde os funcionários atendiam diretamente os clientes. O auto atendimento é  a principal característica que distinguem um supermercado de outras lojas que vendem alimentos. Em seis anos Cullen conseguiu abrir 16 lojas pelo estado de Nova Iorque e sua política de grandes lojas com preços baratos se espalhou pelo resto do mundo.

           

No Brasil, o primeiro supermercado foi o “Sirva-se”, aberto em São Paulo em 1953 e os hipermercados e os verdadeiros supermercados chegaram no Brasil nos anos 80.

            

Ainda Segundo Verotto (2006)  a diferença entre um hipermercado e o supermercado é que primeiro oferece entre 20 a 50 mil itens e o segundo cerca de 8 mil.

         

Em 1973, foi aberto no Brasil, o primeiro atacado de autosserviço, o Makro. O Carrefour, maior de supermercado da França,  chegou ao Brasil em 1975 e instalou sua primeira loja em São Paulo. Nos anos de 1980,  e com mais força ainda nos anos de 1990, ocorreu forte processo de concentração e reestruturação do modelo de negócio de supermercado no Brasil. Grupos tradicionais como Paes Mendonça e Eldorado foram incorporados por outros grupos e novas cadeias internacionais, como grupos Ahold, que comprou o Bom Preço, o grupo Casino que se associou ao Pão de Açúcar. Em 1995 chegou ao Brasil o gigante Wal-Mart, que é  o maior varejista do mundo com faturamento anual de US$ 550 bilhões de dólares, mais de cinco vezes  que as vendas de todo o segmento de supermercado no Brasil, que em 2016 foi de R$339 bilhões de reais ou cerca de US$105 bilhões dólares, segundo a Associação Brasileira de Supermercados – ABRAS.

 

Segundo Reis (2008), ainda nos 1990, surgem as grandes inovações tecnológicas do segmento, com o advento do EDI (Electronic Data Interchange), do ECR (Efficient Cosumer Response) e dos códigos de Barra, além da ampliação de novas categorias, mix e variedades de produtos que passaram a ser ofertados nos referidos pontos de vendas, aumentando consideravelmente a variedade de produtos nas gôndolas.

        

Com o surgimento da Internet, teve inicio o e-commerce e os supermercados passaram atuar com bastante força neste novo canal de vendas no Brasil.

       

O segmento continua no processo de concentração e tem surgido novos modelos de lojas de menor porte, os mercados de bairro, com mix diferenciados para atender determinados públicos específicos.

 

Segundo estudo “Estrutura do Varejo Brasileiro”, da Nielsen, empesa especializada em pesquisa de varejo,  divulgado pela Associação Brasileira de Supermercados – ABRAS, o segmento de supermercado no Brasil, em 2016, teve um faturamento de R$339 bilhões de reais, uma participação no PIB de 5,4%. O segmento emprega 1.800.000 pessoas, em 89 mil lojas com autosserviço.

 

As cinco maiores redes de supermercados do país teve um faturamento de R$139 bilhões de reais em 2016, o que corresponde 41% do total de faturamento do setor, o que demonstra um alto nível de concentração, sendo que ascinco maiores redes  pertencem a grupos internacionais.

 

Pelos números apresentados,  podemos identificar que  tem muitas empresas de pequeno porte que atuam no segmento, segundo a ABRAS são quase 12 mil empresas atuando no segmento.

 

Por isso, um MBA de gestão de supermercados, com foco em empresas de pequeno e médio porte, pode contribuir com a melhoria da gestão dessas empresas, que vem sofrendo forte concorrência das grandes redes, que por ser uma tendência mundial vem abrindo lojas pequenas, conhecidas como loja de vizinhança, passando a atuar em locais que antes somente pequenos grupos locais atuavam.

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE SUPERMERCADOS,  foi idealizado  para preencher esta lacuna sendo um curso com alto padrão de qualidade e praticidade a custos compatíveis, facilitando o acesso ao desenvolvimento e ao aperfeiçoamento da atividade de gestão de negócios, para enfrentar as adversidades do mercado atual.

Voltado para a formação e o aperfeiçoamento dos profissionais do segmento de negócio supermercadista,o curso conta com professores que são  especialistas de notório conhecimento  no segmento varejo,  além de sólida formação acadêmica (mestres e doutores).

O curso oferece as mais modernas ferramentas de gestão estratégica aplicadas ao negócios, de acordo com as mais novas tendências do mercado.

 

O coordenador e professores do curso, participam, todos os anos, do maior evento de negócios do mundo, o Big Show da NRF (National Retail Federation), que se realiza sempre no mês de janeiro na cidade de Nova Iorque, há mais de 110 anos, e mesmo no período de guerra nunca deixou de ser realizado.

No referido evento são divulgados as principais inovações na área de tecnologia e de gestão de negócios, que são aplicados nas empresas  de todo o mundo, sendo que são mais 100 países e 38 mil participantes por ano. Coordenadores e professores do MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE SUPERMERCADOS, participam do evento para trazer novas tecnologias e novos modelos e formatos de gestão, devidamente adaptados á realidade brasileira, que são incorporados ao curso, de forma a mantê-lo sempre atualizado com o que existem de mais moderno em termos de gestão de negócio.

PÚBLICO:

Fundadores, sócios,  herdeiros familiares atuantes ou não atuantes, diretos e indiretos, membros da direção, gestores, fornecedores e parceiros  de empresas familiares; contadores, advogados, consultores e outros profissionais que tenha interesse em ampliar seus conhecimentos sobre gestão e sucessão em empresas familiares.

OBJETIVOS:

Fortalecer a gestão para aumentar a segurança e permitir a sustentabilidade da empresa nesta e nas próximas gerações. Equilibrar as atividades e os comportamentos entre os ambientes empresarial e familiar. Consolidar a consciência e preparação profissional de todos para que saibam lidar com influências e pressões familiares. Estas que, normalmente, são geradoras de conflitos, desgastes e, consequentemente, promovem a queda do negócio.

 

Combater as acentuadas e crônicas estatísticas de negócios com perfil familiar: cerca de 70% das empresas familiares não passam da 2ª para 3ª geração. Entre os motivos, 65% por pela falta de profissionalização e permanências dos comportamentos pessoais, informais e emocionais acima da gestão (Fontes: Sebrae Nacional e Family Business Network).F

 

COORDENAÇÃO ACADÊMICA: Prof. Dr. Juedir Teixeira

COORDENAÇÃO TÉCNICA: Prof. José Renato Miranda

 

DISCIPLINAS:

 

1. Gestão de empresa familiar

2. Ambiente das empresas familiares

3. Planejamento Estratégico de uma empresa familiar

4. Gestão de Negócio em empresa familiar

5. Gestão Financeira com ênfase em empresa familiar

6. Estrutura Organizacional e funcionamento numa empresa familiar

7. Gestão e Sucessão em empresa familiar I

8. Gestão e Sucessão em empresa familiar II

9. Gestão de Pessoas em empresa familiar

10. Endomarketing  e comunicação em empresa familiar

11. Planejamento de Sucessão da Gestão em empresa familiar

12. Marketing e Inteligência de Mercado

13. Novas tecnologias e o impacto nas empresas familiares

14. Gestão da Inovação em empresa familiar

15. Avaliação e melhoria de Performance em empresa familiar