Buscar
  • Renato Guedes

Marketing Influenciador: o “like a like” é o novo “boca a boca”.

Você sabia que uma em dez pessoas pode afetar o comportamento de outras nove? Pois este é um relato presente no livro “The Influentials”, escrito por Jon Berry e Ed Keller (vende na Amazon), considerado uma referência no estudo da influência das pessoas na dinâmica de consumo. Baseado neste conceito, muitas empresas estão lançando mão do Marketing Influenciador, que é o conjunto de ações que ativa indivíduos que podem influenciar, principalmente via redes sociais, a preferência de outros a respeito de produtos, serviços e marcas.


Esta ferramenta parte de um princípio muito simples. Na maior parte das vezes, as pessoas se relacionam com outras devido a coisas que as fazem se sentirem conectadas, compartilhando ideias, desejos e propósitos. Desta forma, empresas estão utilizando clientes como promotores de suas respectivas marcas. O cinema já retratou este comportamento no filme “Amor por Contrato”, estrelado por Demi Moore. Nele, uma falsa família rica e bem sucedida é, na verdade, formada por vendedores profissionais contratados por empresas, que tem a função de influenciar a vizinhança a comprarem os produtos que utilizam, tudo devidamente combinado com as marcas. Clique aqui e assista ao trailler. Saindo da fantasia para a realidade, é exatamente isto que acontece no dia a dia das pessoas, umas influenciado outras.


Acima de tudo, proporcione uma boa experiência!


O cliente pode esquecer do produto ou serviço adquirido, mas a “experiência de consumo”, tanto positiva quanto negativa, fica registrada em sua mente. E o que tem acontecido na prática, onde empresas lançam mão do Marketing Influenciador para promoverem seus negócios? Algumas marcas de moda, por exemplo, tem presenteado com vales compras clientes que possuem uma boa rede de relacionamento virtual. Em troca, elas devem postar em suas redes sociais seu “estilo” com as roupas da loja. Estes looks reverberam através de curtidas e compartilhamentos, sendo promovidas intensamente. A Hershey's, uma das maiores produtoras de chocolates do mundo, fez uma ação onde dava amostras de seus produtos. Para ganhar o mimo, a pessoa se posicionava em frente a um totem, era fotografada juntamente com o logotipo da empresa e posteriormente era incentivada a postar a imagem. Já a empresa de cruzeiros Royal Caribbean, deu passeios de presente para que pessoas postassem suas experiências durante a viagem. Simples assim! Mas aí vem a estratégia: quem não se sentiria motivado a dar um “like” e comentar a respeito daquele passeio super bacana do amigo? E o que vai junto de tudo isso? A marca!


Baseado neste conceito, outras ideias vão surgindo, como por exemplo campanhas com a participação de clientes; consumidoras que fazem suas receitas culinárias em espaços gourmet de algumas lojas, ou ainda ações com sorteios de jantares a serem feitos por chefs nas casas dos clientes. Enfim, neste território existem inúmeras possibilidades. Certamente todos irão compartilhar suas experiências e também seus “15 minutos de fama”, como diria o artista plástico Andy Warhol.  


O Fator F


Recentemente Philip Kotler lançou o livro “Marketing 4.0: do Tradicional ao Digital”, onde aborda os impactos causados pela conectividade na dinâmica de consumo. Entre diversas questões, a obra aponta o "Fator F", composto por Friends, Family, Fans (Facebook) and Followers (Twitter), no qual afirma que o consumidor considera cada vez mais sua relação social (física e virtual) para tomar decisões de compra. Tudo isso vem a confirmar a força do Marketing Influenciador. Com um bom planejamento e criatividade as empresas podem elaborar ações e inserir seus clientes no contexto, influenciando grande parte de sua rede virtual com as experiências vivenciadas por estes consumidores e, consequentemente, promover seus negócios. Sendo assim, esta ferramenta é uma ótima opção em tempos em que há falta de credibilidade em muitas propagandas, uma vez que as pessoas julgam autênticas as recomendações de indivíduos de sua confiança. Nesta onda, sendo os clientes “atores” e “promotores” das ações, as empresas se beneficiam das suas respectivas influências para alavancar o seu conteúdo, produto ou serviço. Ou seja, o cliente é a sua melhor propaganda!


Em um mercado cada vez mais tecnológico, que está na ponta dos dedos, dê adeus ao marketing “boca a boca” e se jogue no marketing “like a like”! Vivemos uma época onde cada vez mais as informações são “curtidas” e compartilhadas de forma instantânea. Nesta era, se a sua empresa não tiver uma estratégia digital, não terá estratégia alguma. E as marcas que utilizarem os “clientes influenciadores” a seu favor conseguirão promover e potencializar ainda mais o seu negócio!

24 visualizações
Fale conosco

21 99966.6701 (Whatsapp)

 

contato@jtbconsultoria.com.br

  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon